EUA prometeram Jerusalém a Israel ainda no início do “processo de paz”

O controverso anúncio do presidente dos Estados Unidos Donald Trump, em que reconhece Jerusalém como a capital de Israel, nesta quarta-feira (6), tem recebido enfático rechaço. Trata-se de promessa antiga, porém, que, cumprida por Trump, é mais uma afronta do imperialismo estadunidense ao povo palestino e árabe e a todos os engajados na luta pela paz. Deve,… Leia mais EUA prometeram Jerusalém a Israel ainda no início do “processo de paz”

No refúgio, palestinos resistem às consequências da promessa colonial britânica

Em 1917, o chanceler britânico selou o destino do povo palestino para o século. Talvez Lorde Arthur Balfour não previsse a dimensão das consequências ao prometer a Palestina ao movimento sionista. Mas o centenário é comemorado pela liderança britânica e israelense nesta quinta-feira (2) e denunciada por um povo sob ocupação ou refúgio que ainda… Leia mais No refúgio, palestinos resistem às consequências da promessa colonial britânica

Em luta histórica, prisioneiros palestinos convocam apoio mundial

Quase um milhão de palestinos e palestinas passaram pelas prisões de Israel desde o estabelecimento do Estado, em 1948, estimam associações palestinas. Mas esta história remonta ainda à colonização britânica da região, com casos como o de Hassan Al-Labadi, por mais de 40 anos enterrado no cárcere. A greve de fome anunciada há uma semana… Leia mais Em luta histórica, prisioneiros palestinos convocam apoio mundial

Israel e EUA boicotam e atacam Conselho de Direitos Humanos da ONU

Israel e Estados Unidos foram proeminentes ausentes do debate no Conselho de Direitos Humanos da ONU sobre o “item 7” da agenda, relativo à situação na Palestina e outros territórios árabes ocupados, na segunda-feira (20). Ambos alegam oposição à própria existência do item e acusam a ONU de enviesamento contra Israel, mas algumas ONGs que… Leia mais Israel e EUA boicotam e atacam Conselho de Direitos Humanos da ONU

Embaixada em Jerusalém e colônias povoam análises sobre Trump e Israel

Representantes de 70 países e organizações internacionais concluíam a Conferência de Paris sobre a Paz no Oriente Médio e análises do papel do novo presidente estadunidense, Donald Trump, já retomavam a possibilidade de os EUA transferirem sua Embaixada em Israel de Tel-Aviv para Jerusalém. Seria mais uma medida provocativa e disruptiva de qualquer possibilidade diplomática,… Leia mais Embaixada em Jerusalém e colônias povoam análises sobre Trump e Israel

Com abstenção dos EUA, resolução do Conselho de Segurança condena colônias na Palestina; é preciso implementá-la

O presidente estadunidense Barack Obama é vilão em parte da imprensa israelense. Aliado de Israel, mas não amigo do premiê Benjamin Netanyahu ou de sua corrida colonialista já inconvenientemente aparente, Obama finalmente decidiu pela abstenção na votação da resolução contra as colônias no Conselho de Segurança da ONU, assim aprovada. Obama quis dar um sinal, ainda… Leia mais Com abstenção dos EUA, resolução do Conselho de Segurança condena colônias na Palestina; é preciso implementá-la

Avanços do colonialismo na Palestina demandam reforço da denúncia e da resistência

Uma categoria de análise abrangente e ação na “Questão Palestina”, não sem disputa, é o colonialismo. Sua pertinência é evidente: por exemplo, o governo de Israel discute legalizar “postos irregulares” em terras palestinas e elevá-los ao status de colonatos, abrindo precedentes no processo de anexação da Palestina. Neste quadro incluem-se eufemismos como a “transferência” –… Leia mais Avanços do colonialismo na Palestina demandam reforço da denúncia e da resistência